Posts Tagged Vento

O Golfe e o Vento

Olá Golfistas,

No Outono, quando o vento sopra mais forte em algumas regiões, situações interessantes acontecem nos campos de golfe. Vejo o que pode acontecer quando o vento “entra no jogo” e como as Regras tratam estas ocorrências.

Como o jogador deve proceder nos casos abaixo?

  1. Bola em repouso, movida pelo vento.
  2. Bola em repouso movida por uma folha que estava sendo levada pelo vento.
  3. Bola em movimento, após uma tacada a partir do green, é desviada por uma folha que estava sendo levada pelo vento.

vento

A primeira coisa que nós somos tentados a imaginar é que o vento é um agente externo, mas lendo com mais atenção a definição de agente externo vemos que:

Agente Externo (Outside Agency): Em um jogo por buracos (match play), um “agente externo” é qualquer agente que não seja o jogador, seu adversário, seu caddie, nem qualquer bola jogada por um dos lados no buraco que está sendo jogado, nem qualquer equipamento de ambos os lados. Em um jogo por tacadas (stroke play), um agente externo é qualquer agente que não faça parte do lado do competidor, seu caddie, qualquer bola sendo jogada pelo lado do competidor, ou qualquer equipamento do lado do competidor. Os agentes externos incluem árbitro, marcador, observador e caddie avançado (forecaddie). Nem o vento nem a água são agentes externos.

Ou seja, está explicito que vento não é um agente externo.

Vamos então responder à situação 1) Bola em repouso, movida pelo vento.

Ora, como vento não é um agente externo, então a Regra 18-1 (Bola em Repouso Movida por Agente Externo) não se aplica. A bola está em jogo e ela deve ser jogada da posição onde ela parou.

Agora vamos ver um pouco mais sobre definições. Impedimentos soltos. Lembra o que são?

“Impedimentos soltos” são objetos naturais, inclusive:

  • pedras, folhas, gravetos, galhos e similares,
  • estrume,
  • minhocas, insetos e similares e os dejetos e montículos feitos por eles

desde que não estejam:

  • fixos ou em crescimento,
  • solidamente incrustados no solo, ou
  • aderidos à bola.

Areia e terra solta são impedimentos soltos no green, mas não em qualquer outro local.
Neve e gelo natural, mas não geada, podem ser considerados água ocasional ou impedimentos soltos, à opção do jogador.
Orvalho e geada não são impedimentos soltos.

Respondendo à situação 2) Bola em repouso movida por uma folha que estava sendo levada pelo vento, podemos achar que a bola está sendo movida por um impedimento solto. Isso não é verdade, pois dependendo das situações, um mesmo elemento pode assumir mais de um papel, ou definição. Quando uma folha, que é um elemento inerte, é movida pelo vento ela se torna em um Agente Externo, e assim sendo, entre em cena a Regra 18-1 (Bola em Repouso Movida por Agente Externo), e a bola deve ser recolocada sem penalidade. A Decisão 18-1/6 trata especificamente este assunto.

E por último, vamos responder à situação 3) Bola em movimento, após uma tacada a partir do green, é desviada por uma folha que estava sendo levada pelo vento. Também neste caso a folha deve ser tratada como um agente externo. Só que, como a bola estava em movimento e foi deslocada, a regra que trata este assunto é a 19-1 (Bola em Movimento Deslocada ou Parada). Como a tacada foi dada de dentro do green, a alínea b. determina que a tacada deva ser cancelada e a bola deva ser recolocada no local onde ela foi tacada, sem penalidade.

Até a próxima,
J. Nabuco

, , ,

Deixe um comentário